comEÇAr

6 09 2008

Ora… Eça! Sim, comecemos por Eça. Faça-se justiça ao mestre do discurso indirecto livre – com ou sem nova terminologia. No solar de Torges, Zé Brás recebe Jacinto. Ouçamo-lo pela voz do narrador:

“Era o caseiro, o Zé Brás. E logo ali, nas pedras do pátio (…) surdiu uma tumultuosa história que o pobre Brás balbuciava, aturdido e que enchia a face de Jacinto de lividez e de cólera, O caseiro não esperava Sua Excelência. Ninguém esperava Sua Excelência.”

 in conto Civilização

http://www.feq.pt

 


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: